Te pego na saída!

Pimenta mais ardida do mundo é cultivada em Mirandópolis, SP

Nosso Campo – TV TEM

Quem não gosta de uma pimenta, né?

Muitos dizem que elas ajudam no processo de emagrecimeto por acelerar o metabolisto, liberam endorfina – hormônio ligado ao prazer -, além de retardar o envelhecimento celular.

Bom, isso tudo é o que dizem… se é verdade eu já não sei. Mas sei que tem umas danadas que fazem muito marmanjo barbado chorar e pedir… pedir… seja lá o que for para para a sensação de ardor na boca.

O responsável por esta sensação muitas vezes desagradável é a capsaicina, compostos de fórmula molecular C18H27NO3 e estrutural mostrada abaixo

Fórmula estrutural da Capsaicina

É irritante para mamíferos, incluindo humanos e causa sensação de queimação e ardor em contato com qualquer tecido.

E para passar a dor da pimenta nada melhor que um bom copão d’água, não é mesmo?

NÃO mesmo!

A capsaicina é um composto apolar, ou seja, hidrofóbico. A água só irá espalhar o composto por toda a boca, aumentando assim a tal queimação. É semelhante a tentar apagar com água o fogo numa panela contendo óleo de fritura – a água só irá espalhar o óleo e assim aumentar o incêndio!

Mas e ai, o que será que é bom para combater o “incêndio” da pimenta, hein?!

Anúncios

,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: